Foliculite

Infecção superficial dos folículos pilosos, causada por bactérias do tipo estafilococos, que estão presentes normalmente na nossa pele. Pode ocorrer em indivíduos com pele mais espessa, pelos mais grossos e encaracolados. Comum também com o uso de roupas justas, tecidos sintéticos, depilação com técnica inadequada ou raspagem do pelo e em locais de atrito.

 

Clínica

Semelhante a espinha em áreas com pelos. 

No homem é mais frequente na barba e na mulher na virilha.

 

Prevenção

Uso de roupas confortáveis e largas, tecidos naturais como linho, algodão e seda. Uso regular de hidratantes à base de ureia, ácido glicólico. Se for realizar raspagem dos pelos, deve-se limpar bem

a área antes e  respeitar a direção do crescimento do pelo.

 

Tratamento

Na fase aguda, consiste no uso de antibióticos tópicos associado ou não ao corticoide para diminuir o processo inflamatório. O tratamento definitivo é a depilação a laser.

 

Dúvidas Frequentes

 

Pode surgir pela depilação a cera ou raspagem?

 

SIM

 

Técnicas inadequadas de depilação ou raspagem podem piorar

ou precipitar a foliculte. O laser é o melhor tratamento após a fase aguda (pústulas) e atua destruindo a maioria dos pelos definitivamente. Nas primeiras sessões é percebida uma diminuição da espessura do pelo, que já contribui para a melhora da foliculite. Com a sequência do tratamento, ocorre o desaparecimento dos pelos.